Rio Grande do Sul

Balanço

Governo acrescenta 1.173 novos casos confirmados de covid-19, totalizando 4.973

Com 25 vítimas cada uma, Porto Alegre e Passo Fundo lideram em número de mortes no estado

Brasil de Fato | Porto Alegre |
Brasil chega a marca de mais de mil mortes em um único dia. Já são cerca de quase 18 mil óbitos registrados - Alex Pazuello/Semcom

Conforme boletim recente da Secretária da Saúde (SES), divulgado na tarde dessa quarta-feira (20), o estado do Rio Grande do Sul registrou 1.173 novos casos da covid-19, totalizando 4.973. Nos últimos dias, havia uma diferença de casos confirmados da doença pelos municípios e pelo estado. O acréscimo de mais de mil casos em um dia se deu por uma readequação das normas de notificação, monitoramento e encerramento dos casos suspeitos e confirmados de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), especialmente da covid-19.

Só na cidade de Passo Fundo foram 15 novos casos. A cidade, juntamente com a capital gaúcha lidera o ranking no estado, que tem confirmado casos em 239 municípios. 

Dos 11 óbitos confirmados pela SES nas últimas 24 horas, nove deles aconteceram nos municípios de Canoas (mulher, 72 anos, e homem, 75), Caxias do Sul (homem, 74 anos), Gravataí (mulher, 68 anos), Ibirapuitã (mulher, 39), Montenegro (mulher, 76 anos), Passo Fundo (homem, 63 anos), Porto Alegre (homem, 57 anos) e Sapucaia do Sul (homem, 68 anos). Duas mortes ainda não foram detalhadas.

Dos 4.973 infectados, o número estimado de pacientes curados no RS é de 3.736 (75,2% dos casos). Ainda estão em recuperação 1.076 pacientes (21,6%).

Brasil chega a quase 18 mil óbitos 

No país foram registrados 271.628 casos, com 17.408 novos casos nessa terça-feira (19). O número de brasileiros mortos até agora é de 17.971. Nessa terça-feira o país rompeu a barreira de mil óbitos diários, contabilizando 1.179 mortes causadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde. Com a nova atualização o país soma-se a Estados Unidos, França, China e Reino Unido que também já tiveram registrados mais de mil mortes no prazo de 24 horas. 

O número de recuperados no país é de 106.794 até o momento.

Uma equipe de cientistas independentes de várias instituições brasileiras de pesquisa criou uma página para acompanhar o desenvolvimento da pandemia no país. Nela, além do acompanhamento em tempo real, são feitos comparativos com outros países.

O que é coronavírus?

É uma extensa família de vírus que podem causar doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem causar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS) a crises mais graves, como a síndrome respiratória aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19. 

Como ajudar a quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Como tirar dúvidas?

A Secretaria Estadual da Saúde recomenda à população e aos profissionais de saúde do RS que entrem em contato com a vigilância epidemiológica de seu município para esclarecimento de dúvidas. Nos horários que as repartições municipais não estiverem atendendo ao público, está disponível o telefone 150 - Disque Vigilância da SES. Questionamentos podem ser encaminhados também para o email [email protected]

Edição: Marcelo Ferreira