Rio Grande do Sul

Artes Visuais

Projeto de Incentivo à Arte Urbana está com inscrições abertas para oficinas e muralismos

Artistas de renome internacional vão trocar conhecimentos com artistas locais em Porto Alegre; saiba como participar

Brasil de Fato | Porto Alegre |
Muralistas Mona Caron e Mauro Neri virão à Porto Alegre realizar muralismo no prédio do DAER e da PGE no Centro de Porto Alegre - Reprodução

O Projeto de Incentivo à Arte Urbana vai trazer a Porto Alegre os artistas Mona Caron e Mauro Neri para fazer atividades voltadas ao muralismo e às artes urbanas. A principal atração será um muralismo nos 60 metros de lateral do edifício sede do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER-RS) e da Procuradoria-Geral do Estado do Rio Grande do Sul (PGE-RS), na Avenida Borges de Medeiros, 1555.

Além disso, o projeto traz oficinas gratuitas com os dois artistas, proporcionando espaços de troca de saberes com artistas da região. Os interessados em participar das oficinas precisam entrar em contato, até o dia 8 de novembro, com o telefone (51) 984788450, através de ligação ou WhatsApp. Também pode ser feito contato através do e-mail [email protected]


Projeto prevê oficinas realizadas com jovens da periferia e artistas locais / Reprodução

Construção coletiva do conhecimento

Conforme explica Marcelo Sgarbossa, um dos organizadores do evento, a origem do projeto foi durante o 2° Fórum Mundial da Bicicleta, em 2013. Na ocasião, uma das convidadas foi a artista Mona Caron, conhecida pelo seu trabalho artístico crítico e de humanização dos espaços públicos.

Foi naquela ocasião que ela se deparou com o prédio do DAER e ficou impressionada com a localização e com o tamanho do prédio. A partir dai, Marcelo, junto de outros membros do Idealizado pelo Laboratório de Políticas Públicas e Sociais (Lappus), passou a fazer o contato tentando viabilizar o seu retorno para executar o trabalho.

As oficinas tem o objetivo de proporcionar uma troca de experiência entre os artistas locais com a Mona e o Mauro. O projeto têm recebido manifestações de interesse de diversas cidade do estado. "A ideia é a construção desse conhecimento coletivo, baseado nessa troca", afirma Marcelo.

Sobre os artistas que estão se candidatando para as oficinas, afirma que não haverá um processo de seleção. Até agora, cerca de 20 artistas do estado já entraram em contato para participar. Marcelo explica que o perfil destes é de pessoas que já trabalham e tem contato com o muralismo e a arte urbana, mas também há artistas iniciantes que buscam adquirir conhecimentos e técnicas.

O momento em que possivelmente haverá uma seleção será, caso seja concretizada a ideia, o de pintura dos pilares do Viaduto dos Açorianos. A atividade ainda está sendo organizada e será confirmada na página Facebook e no site do Lappus. "Nesse caso, como é um espaço limitado, faremos uma seleção dos artistas que irão participar para a intervenção", explica.

Ele afirma também está em articulação com os entes públicos e privados para que se consiga mais espaços para serem pintados, a fim de aumentar o número de participantes e aumentar o escopo do projeto. Recorda que nesse processo de articulação estão em busca também espaços mais distantes do Centro, nas periferias, para levar o intuito do projeto à essas regiões.


:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato RS no seu Whatsapp ::

SEJA UM AMIGO DO BRASIL DE FATO RS

Você já percebeu que o Brasil de Fato RS disponibiliza todas as notícias gratuitamente? Não cobramos nenhum tipo de assinatura de nossos leitores, pois compreendemos que a democratização dos meios de comunicação é fundamental para uma sociedade mais justa.

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

 

 

Edição: Marcelo Ferreira